Seja bem-vindo ao Melissa Benoist Brasil, sua primeira, maior e melhor fonte brasileira sobre a atriz Melissa Benoist, mais conhecida por interpretar a Supergirl na serie homônima. Aqui você encontrará informações sobre seus projetos, campanhas e muito mais, além de entrevistas traduzidas e uma galeria repleta de fotos. Navegue no menu acima e divirta-se com todo o nosso conteúdo. Esperamos que goste e volte sempre!
15.03.24

Em um mundo atual onde a política muitas vezes pode nos dividir mais do que nos unir, uma nova série original do Max, que está sendo transmitida agora, aborda a mídia e o sistema eleitoral americano, mostrando-nos que nossas diferenças podem de fato ser nossa força, quando escolhemos trabalhar juntos.

Inspirado no livro best-seller de 2018, Chasing Hillary, um livro de memórias da ex-jornalista política do The New York Times, Amy Chozick, sobre sua jornada cobrindo a candidatura da líder democrata Hillary Clinton em 2016 à presidência, The Girls on the Bus cria um mundo fictício que demonstra como a mídia pode fato influenciar a opinião pública durante as campanhas e processos eleitorais.

Chozick, que também é escritora e produtora executiva da nova série, diz: “Para brincar neste mundo fictício, não queríamos reviver 2016. Não queríamos reviver Trump ou Hillary. Queríamos jogar com um cenário fictício, mas aborda questões reais. Acho que há muitos comentários sobre como a imprensa trata os candidatos políticos, especialmente as mulheres, por isso muitos desses temas mais amplos foram forças motrizes no meu trabalho como jornalista e espero que se reflitam na nossa ‘comédia dramática’”.

Julie Plec, escritora e produtora executiva de The Girls on the Bus de Chozick, disse que a adaptação do livro começou quando os conhecidos produtores da indústria Greg Berlanti e Sarah Schechter assumiram o projeto, visando um capítulo específico de Chasing Hillary intitulado de “The Girls on the Bus.” Plec acrescentou: “E se, em vez de ser uma história sobre uma mulher e sua busca para seguir seu caminho rumo à presidência, contássemos uma história feminina sobre amizade? Então, quando [Berlanti e Schechter] me apresentaram isso, fiquei animada porque sei como fazer isso. Esse é o tipo de televisão que assisto, então é claro que é o tipo de televisão que posso escrever.”

Com atores veteranos como Griffin Dunne, Carla Gugino e Scott Foley estrelando ao lado de atores em ascensão como Melissa Benoist, Brandon Scott, Christina Elmore e Natasha Behnam, The Girls on the Bus vai além das linhas dos partidos políticos, destacando a capacidade da mídia de reportar sobre acontecimentos factuais com a sua própria orientação estratégica, que por vezes podem ser não só enganosos, mas potencialmente prejudiciais para o futuro de um candidato político.

Foley, que já atuou em projetos politicamente motivados como Scandal, interpreta o carismático candidato presidencial Hayden Wells Garrett na série do Max. Admitindo que notou semelhanças em seu caráter com o anterior candidato à presidência e atual secretário de Transportes dos EUA, Pete Buttigieg, Foley optou por assistir a vários vídeos de Buttigieg no YouTube para ver como ele lidou com a mídia para se preparar melhor para seu papel na tela.

Seguindo suas experiências na nova série, Foley disse: “Não percebia o quanto a mídia desempenha um papel importante na política, mas não há política sem mídia. Isso simplesmente não pode acontecer e a forma como a narrativa é elaborada e entregue é muito importante. Eu, como eleitor típico, se quiser fazer alguma pesquisa sobre algum candidato, a única maneira de fazer isso é por meio de peças de mídia. Tudo vem com uma curva subjetiva.”

Quanto a Benoist, que já se tornou um nome familiar para muitos, após suas atuações principais em programas como Supergirl e Glee, interpreta a jornalista política mais liberal Sadie McCarthy em The Girls on the Bus, além de atuar como produtora no projeto.

Refletindo sobre seu trabalho na série, Benoist disse: “Acho que definitivamente tenho mais respeito pelo campo do jornalismo, especialmente pelas reportagens de campanha, e lerei minhas notícias de uma maneira diferente da que fazia antes. Acho que abrir a cortina, especialmente com o que aprendemos com Amy Chozick, vai revelar coisas que você poderia fazer cara feia. O cinismo, eu acho, é algo ao qual devemos sucumbir, especialmente quando se trata de política americana, mas espero que esse programa – trabalhar nesse programa meio que me tenha feito perceber que tenho mais esperança do que gostaria de admitir. Sou uma pessoa otimista.”

Behnam, que interpreta a influenciadora política das redes sociais, Lola Rahaii, acrescentou: “Jornalismo, jornalistas, todo o processo – eu os admiro muito mais e os respeito. Obviamente, o ofício é muito difícil. Acho que aprendi muito sobre o que significa trabalhar duro para ter sucesso como jornalista.”

Gugino interpreta Grace Gordon Greene, uma jornalista política experiente que às vezes é ofuscada pelos passos de seu pai, o jornalista, sabe por que decidiu se juntar à série do Max. “Eu amo Grace, mas acho que o que essa história tem a dizer: estamos em tempos tão agitados e em um momento em que temos tantas opiniões divergentes e você deveria tomar partido e isso cria esse tipo de reação e comportamento. Eu adoro que esta série não seja sobre ser divisivo e não seja sobre aquilo em que você acredita – é sobre incluir tudo e ter uma conversa e, em última análise, fazer com que a humanidade vença.”

Elmore, que interpreta a emergente personalidade da mídia política, Kimberlyn Kendrick, para uma rede de televisão mais conservadora em The Girls on the Bus, acrescentou: “Eu respeito a ética de trabalho necessária para entregar tantas notícias a tantas pessoas todos os dias. Há muitas coisas que poderiam ser mudadas, especialmente em um mundo onde estamos em um mundo do tipo ‘clickbait’. Nunca apreciei tanto o jornalismo, especialmente quando realmente penso que está sob ataque. Acho que o trabalho que pessoas como você fazem é incrivelmente importante e difícil, e acho que não sabia o quão difícil era antes disso.”

Ao discutir as conexões duradouras que esses atores formaram, tanto na tela quanto fora dela, a showrunner e produtora executiva Rina Mimoun disse: “Eles eram todos tão gentis uns com os outros – eles eram tão bons um com o outro. As condições de” filmagem em Nova York podem ser realmente esmagadoras. O tempo está difícil, as nossas etapas foram difíceis e havia muitas coisas que podiam correr mal. Eles apoiaram um ao outro o tempo todo e, como resultado, acho que todas as suas performances ficam cada vez melhores.”

Quanto às próximas eleições presidenciais dos EUA em 2024, Scott, que interpreta Malcolm, porta-voz da campanha de uma candidata presidencial, disse sobre seus sentimentos olhando para o futuro: “Estou ansioso, mas encontro esperança nisso”.

Dunne, que interpreta o chefe de mídia Bruce Turner no jornal fictício The New York Sentinel em The Girls on the Bus, disse sobre a eleição de novembro: “Sou cauteloso. Estou tentando ser otimista e acho que estamos em tempos tão imprevisíveis, diferentes de todos que já vi. Eu escolho permanecer esperançoso. O outro lado é um lugar muito escuro para ir.”

Behnam acrescentou sobre a política dos EUA e as eleições: “Acho que está uma bagunça, mas pessoalmente estou muito otimista. Acho que a escolha mais fácil é desistir – ceder ao nosso cinismo. Acho que é muito mais difícil permanecer envolvido. Acho que é muito mais difícil ter compaixão, ouvir as pessoas e dar pequenos passos. Eu acredito nisso – acho que deveríamos fazer isso. Acho que deveríamos ficar acordados. Acho que deveríamos nos amar.”

Benoist concluiu com: “É fundamental, muito importante e necessário que todos nós estejamos envolvidos em todas as eleições e deveríamos estar e deveríamos ter estado no passado. Não podemos ser complacentes e essa é a minha opinião hoje. É nossa responsabilidade permanecer informados e educados e envolvidos, e saber em quem estamos votando e ter uma opinião sobre isso e ter compaixão pelos nossos vizinhos que podem pensar de forma diferente.”

Fonte: Forbes

Tradução e adaptação: Melissa Benoist Brasil

continue lendo
Layout criado e desenvolvido por Lannie.D - Hosted by Host4Fans @ 2020 - Melissa Benoist Brasil